Ciro afirma ter sido ‘miseravelmente traído’ por Lula e acusa PT de eleger Bolsonaro

Ciro afirma ter sido ‘miseravelmente traído’ por Lula e acusa PT de eleger BolsonaroFoto: Murilo Silva/ Capol

O ex-candidato à Presidência da República, Ciro Gomes (PDT), disse ter sido “miseravelmente traído” pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e fez duras críticas ao partido em entrevista ao jornal Folha de S. Paulo. O pedetista ainda acusou a sigla de eleger Jair Bolsonaro (PSL) e criticou a articulação do PT para impedir o apoio do PSB à sua candidatura.

“Fomos miseravelmente traídos. Aí, é traição, traição mesmo. Palavra dada e não cumprida, clandestinidade, acertos espúrios, grana. Pelo ex-presidente Lula e seus asseclas. Você imagina conseguir do PSB neutralidade trocando o governo de Pernambuco e de Minas? Em nome de que foi feito isso? […] Projeto de poder miúdo. De poder e de ladroeira. O PT elegeu Bolsonaro”, atacou.

Ciro também considerou um insulto o convite de Lula para assumir o papel de seu vice no lugar de Fernando Haddad (PT).  “[Não aceitei o convite] Porque isso é uma fraude. Para essa fraude, fui convidado a praticá-la. Esses fanáticos do PT não sabem, mas o Lula, em momento de vacilação, me chamou para cumprir esse papelão que o Haddad cumpriu. E não aceitei”, disse. *Bahia Noticias