Bolsonaro diz em culto não ser o mais capacitado: ‘Mas Deus capacita os escolhidos’

O presidente eleito Jair Bolsonaro durante um culto no Rio de Janeiro, ao lado do pastor Silas Malafaia — Foto: ReproduçãoPresidente eleito participou de culto ao lado do pastor Silas Malafaia e fez breve discurso. À plateia, pediu que ore por ele e disse ter compromisso com ‘valores da família cristã’.

O presidente eleito Jair Bolsonaro participou de um culto no Rio de Janeiro na noite desta terça-feira (30) e afirmou não ser o mais capacitado. Em um breve discurso, acrescentou: “Mas Deus capacita os escolhidos”. No último domingo (28), Bolsonaro recebeu 57,7 milhões de votos(55,1%) e derrotou Fernando Haddad (PT) no segundo turno da eleição presidencial – Haddad recebeu 47 milhões de votos (44,8%).

O novo presidente passou esta terça no Rio e, mais cedo, recebeu aliados para discutir os nomes dos futuros ministros do governo (leia detalhes mais abaixo). “Primeiro, quero agradecer a Deus por estar vivo. Pelas mãos de profissionais da saúde, […] Deus operou um milagre. Depois, quero agradecer também a Deus por esta missão, porque o Brasil está numa situação um tanto quanto complicada, com crise ética, moral e econômica. Tenho certeza que não sou o mais capacitado, mas Deus capacita os escolhidos”, disse Bolsonaro, ao lado do pastor Silas Malafaia.

O presidente eleito se emocionou durante a fala, embargando a voz. A plateia, então, o aplaudiu. Durante o culto, Bolsonaro pediu às pessoas que oraram pela vida dele que, agora, orem para ele conseguir montar uma boa equipe de governo, com boas ideias, além de “coragem” para tomar as melhores decisões para o país. *G1